2º Seminário da Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente

17.05.2012

O encontro consolidou uma parceria de pesquisa entre a UNESCO, a Fundação Carlos Chagas e os cerca de 40 grupos de pesquisa de diferentes instituições de ensino superior do Brasil, da Argentina e de Portugal, que estiveram reunidos na Sede da Fundação Carlos Chagas por ocasião da 9ª Reunião Técnica do CIERS-ed.

Bernardete Gatti, Elba de Sá Barretto e Marli André trouxeram, para discussão com os presentes, questões suscitadas pelo amplo estudo realizado pelas pesquisadoras sobre as políticas docentes nas diferentes instâncias de governo no País, efetivado no ano passado com o patrocínio da Unesco, em parceria com o MEC e em colaboração com o Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed) e a União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), para o qual a Fundação Carlos Chagas ofereceu apoio institucional e infraestrutura.

Dessa pesquisa resultou o livro Políticas Docentes no Brasil: um estado da arte, publicado no final de 2011, que constitui certamente uma referência imprescindível aos gestores e estudiosos da educação básica no país.

Com este encontro, a Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente consolida um de seus objetivos básicos que é o de implementar investigações científicas no âmbito da educação por meio de abordagens multirreferenciadas, visando a contribuir para a análise das questões docentes e subsidiar políticas mais abrangentes e articuladas no que se refere à atuação e valorização dos profissionais da educação.

Elba Siqueira de Sá Barretto (SEP/FCC), Bernardete Angelina Gatti (SEP/FCC) e Marli Eliza Dalmazo de Afonso André (PUCSP)

Deixe sua observação

(Obrigatório)