1. Home
  2. |
  3. Fcc Notícias
  4. |
  5. FCC publica relatório sobre as condições de trabalho docente no Ensino Fundamental em parceria com o D3e
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos

 

FCC publica relatório sobre as condições de trabalho docente no Ensino Fundamental em parceria com o D3e

 

Relatório FCC D3e

|25/10/21

Estudo traz uma análise comparativa sobre o volume do trabalho docente no Brasil, Estados Unidos, França e Japão

Estudo realizado pelos pesquisadores do Departamento de Pesquisas Educacionais da Fundação Carlos Chagas, Gabriela Moriconi e Nelson Gimenes e a Professora do Centro Universitário Assunção (Unifal), Luciana Leme, é publicado pela Fundação Carlos Chagas em parceria com o D3e – Dados para um debate democrático na educação. A publicação apresenta uma análise detalhada sobre o volume de trabalho dos professores em quatro diferentes países, Brasil, Estados Unidos, França e Japão, com foco no segundo segmento do Ensino Fundamental.

O Brasil tem avançado ao reconhecer a importância dos professores e propor políticas estruturantes em relação à sua formação inicial e continuada. Embora igualmente relevantes para uma atuação de qualidade, as condições de trabalho dos docentes ainda não recebem atenção semelhante no debate público. Apesar de o tema não ser novo, a realidade dos professores brasileiros ainda é bastante desafiadora e a discussão precisa ser aprofundada para encontrarmos formas mais efetivas de equacionar o volume de trabalho e a natureza das atividades desenvolvidas, entre outras questões. Ao comparar condições relativas ao volume de trabalho docente no Brasil com outros países, fica evidente a complexidade da nossa realidade e que precisamos aprimorar esta questão estrutural, extremamente importante para o aprendizado dos estudantes.

Com o intuito de pautar o debate de uma maneira propositiva, foi realizado um recorte que aprofunda a descrição da situação dos professores que lecionam no segundo segmento do Ensino Fundamental (ou em segmentos análogos internacionalmente) e dimensiona e descreve as principais dificuldades encontradas.

Acesse a publicação Volume de trabalho dos professores dos anos finais do Ensino Fundamental

Skip to content