1. Home
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Avaliação Reflexiva da Qualidade da Educação Infantil na Rede Pública de Florianópolis e Desenho e Implantação de Sistema de Monitoramento da Qualidade da Educação Infantil

Avaliação reflexiva da qualidade da educação infantil na
rede pública de Florianópolis, desenho e implantação de sistema de monitoramento da qualidade da educação infantil

Coordenação: Eliana Bhering

Pesquisadores Colaboradores:Mariane Koslinsky (UFRJ), Tiago Bartholo (UFRJ) – até fevereiro de 2019

Equipe de Pesquisa: Raquel Valle (estatística), Blenda Luize Chor Rodrigues, Sara Badra de Oliveira e Maria Helena Santos

Financiamento: Prefeitura Municipal de Florianópolis-SC

Vigência: 2015-2019

Descrição: A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Florianópolis-SC, dispondo de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento, contratou a equipe da FCC para desenvolver um projeto de avaliação da qualidade dos ambientes de educação infantil e a concepção e implantação de um sistema de monitoramento da EI da rede municipal. Os objetivos do projeto são: 1) avaliar a qualidade dos ambientes das unidades municipais de EI por meio da utilização de escalas ITERS-R e ECERS-R, o que permitirá a avaliação reflexiva (antes e depois) das unidades de EI; 2) desenvolver e implantar um sistema contínuo de monitoramento das políticas e das ações da gestão municipal, com vistas à melhoria da qualidade dos ambientes das unidades de EI; e 3) propor recomendações para: a) concepção e plano de formação continuada; b) acompanhamento do trabalho dos profissionais de EI; e c) proposta de acompanhamento das crianças ao longo da EI. Esse estudo tem ampla abrangência municipal, envolvendo os profissionais dos diversos setores da SME e as equipes das 94 unidades educativas da rede pública. O objetivo, tanto da avaliação quanto da elaboração do modelo conceitual de monitoramento e sua  implementação na rede municipal, gira em  torno de criar estratégias de melhoria a partir de evidências. Até o momento, o sistema de monitoramento das políticas e práticas da EI parece ser inédito no Brasil em termos do conteúdo do sistema e da participação direta dos profissionais da SME em todas as etapas do seu desenvolvimento, desde sua elaboração até a realização de ações oriundas dos resultados até então alcançados e das discussões realizadas ao longo do processo. Durante o ano de 2019, o sistema de monitoramento foi completamente revisto, obedecendo algumas modificações do próprio sistema público, em especial, o sistema e a ficha de matrícula e a primeira testagem será conduzida durante o primeiro semestre de 2020. Está também prevista a última avaliação dos ambientes de creche e pré-escola da rede municipal, ainda por definir se será por amostra ou censitária. A avaliação dos ambientes deverá ocorrer entre os meses de março e junho de 2020. Previsto para encerrar-se em  março de 2020, o projeto foi prorrogado até novembro de 2020, por iniciativa da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, para que as ações de avaliação elaboradas para a EI fossem desenvolvidas acompanhando outras atividades previstas no âmbito de um projeto mais amplo, financiado pelo BID. A avaliação dos ambientes da EI foi desenhada de maneira a verificar se as outras ações do Projeto BID teriam algum impacto na qualidade dos ambientes para as crianças entre 0 e 6 anos.

Skip to content