Vinte e cinco anos de avaliação de sistemas educacionais no Brasil - Volume 2

Vinte e cinco anos de avaliação de sistemas educacionais no Brasil - Volume 2

Organizadoras: Adriana Bauer; Bernardete A. Gatti
Autores: Adriana Bauer; Manuel Palácios da Cunha e Melo; Alicia M. C. de Bonamino;Sandra Zákia Sousa; Romualdo Portela de Oliveira;Elba Siqueira de Sá Barretto; Nigel Brooke; Luiz Carlos de Freitas; Jefferson Mainardes; Flavia Obino Corrêa Werle; Álvaro Moreira Hypólito Lucíola Licínio Santos; Adriana Teixeira Reis.
Idioma: Português
Assunto: Sistemas de Avaliação, Educação, Políticas, Sistema Educacional, Formação de Professores, Currículos.
Edição: 1 ed.
Páginas: 296p.
Ano de Publicação: 2013
Editora: Insular Livros; Fundação Carlos Chagas.

SINOPSE

Este é o segundo volume sobre o Ciclo de Debates − Vinte e cinco anos das avaliações de sistemas educacionais no Brasil organizado pela Fundação Carlos Chagas. Os textos apresentados e os debates evidenciam a importância dessa discussão num momento em que caminhamos bastante em termos da implementação de avaliações do desempenho escolar nas redes escolares. Este livro conta com as contribuições de pesquisadores, especialistas e gestores públicos que se dispuseram a socializar suas reflexões acerca das avaliações de sistemas educacionais no Brasil. O intento foi o de discutir as potencialidades de contribuição dos modelos de avaliação para a efetiva elevação dos padrões educacionais, tendo em vista assegurar o direito de toda a população a uma educação de qualidade. O debate maduro de ideias, contemplando diferentes perspectivas sobre o tema, permitiu abordar, de forma franca e aprofundada, os impasses e desafios postos pela política de avaliação de resultados nos sistemas de ensino. Esse debate mostrou a possibilidade de se evitar radicalismos fáceis que tendem a demonizar essas práticas ou a defendê-las de modo incondicional.
As organizadoras

Este livro completa a publicação dos textos e reflexões relativas ao Ciclo de Debates – 25 anos de avaliação de sistemas educacionais no Brasil, promovido pela Fundação Carlos Chagas em 2012, agrupando pesquisadores, especialistas e gestores públicos em torno de um tema fundamental e necessário no horizonte nacional e internacional da educação.

O Ciclo foi organizado em três eventos − Origem e pressupostos da avaliação de sistemas, Implicações das avaliações de sistema educacional e Reflexões a partir de estudos e experiências de avaliação – e proporcionou dois volumes.

O primeiro – Origens e Pressupostos − contém a história dos sistemas de avaliação da educação no Brasil desde os seus primórdios e traz elementos que subsidiam as tão necessárias discussões sobre o tema. Este segundo − Balanço de implicações nas redes de ensino, no currículo e na formação de professores − registra as implicações das avaliações de sistemas educacionais nas escolas e nas redes de ensino, articulando reflexões teóricas e dados provenientes de pesquisas sobre as diversas influências que exerce no cotidiano escolar, na política e no planejamento educacional. Contribui assim para a análise crítica acerca de implicações e controvérsias que permeiam as políticas de avaliação do sistema e identifica os desafios atuais, tornando públicas as reflexões que ocorreram durante o Ciclo de Debates e apontando novas perspectivas de investigação. Enfim, dois livros indispensáveis aos pesquisadores, gestores e interessados na temática dos sistemas de avaliação e das políticas educacionais em nosso país.