1. Início
  2. |
  3. Pesquisa e Educação
  4. |
  5. Contribuições para a pesquisa em educação no contexto da pandemia

Contribuições para a pesquisa em educação no contexto da pandemia

Sobre

Diante de um contexto de crise e excepcionalidade como o da pandemia de covid-19, levando o país ao isolamento social e, em consequência, à suspensão das aulas presenciais, surgem preocupações com um possível acirramento das desigualdades educacionais. Relatórios, documentos e debates virtuais diversos sinalizam a necessidade de proteger as crianças e os adolescentes dos efeitos da pandemia e também de garantir que não sejam prejudicados em seu processo de escolarização. 

Considerando ainda que o cenário pós-pandemia trará inúmeros desafios e preocupações para os docentes e, inclusive, para os que estão trabalhando em órgãos técnicos em nível federal, estadual e municipal, a fim de mitigar o prejuízo nas aprendizagens, pesquisadores de todos os grupos de pesquisa do DPE deram início, em março de 2020, a um estudo exploratório cujo primeiro passo foi a elaboração de um questionário on-line com o propósito de obter uma percepção de professoras e professores da educação básica, de escolas públicas e privadas, sobre a experiência inicial com a suspensão das aulas. O questionário on-line foi disponibilizado de 30 de abril a 10 de maio em redes sociais, com ampla divulgação via e-mail e WhatsApp. Foi respondido por 14.250 professores e professoras dos 27 estados brasileiros. 

No processo de elaboração do questionário percebeu-se a dificuldade de abordar as demandas dos professores que atuam com o público-alvo da educação especial e, com isso, a necessidade de realizar uma pesquisa específica. Esse reconhecimento fez com que a FCC elaborasse o projeto Inclusão escolar em tempos de pandemia, cuja coordenação é compartilhada com a UFABC, em parceria com a Ufes e a USP. O objetivo da pesquisa é identificar os desafios e as estratégias propostas pelas escolas e utilizadas pelos professores com vistas a garantir o direito à educação inclusiva de alunos da educação especial, durante o período de suspensão das aulas presenciais.

Com base nos dados coletados no estudo inicial – tanto por meio do questionário como de documentos –, uma segunda etapa de pesquisa também teve início em 2021, composta por sete estudos que integram o projeto temático Educação escolar em tempos de pandemia na visão de professores e estudantes da educação infantil, ensino fundamental e ensino médio: o enfrentamento das desigualdades. Visando a aprofundar, em um esforço colaborativo com professores e professoras das redes públicas e privadas, aspectos previamente definidos que possam impactar nos problemas atuais da educação brasileira, o objetivo geral do projeto temático é identificar e compreender a percepção de professores e estudantes acerca da educação escolar no atual contexto, considerando as especificidades de cada etapa/ modalidade de ensino. Essa nova etapa recebe financiamento do Itaú Social e apoio da UNESCO.

Skip to content