1. Home
  2. |
  3. Fcc Notícias
  4. |
  5. Novo livro da Cátedra Unesco sobre Profissionalização Docente apresenta técnica para entender ações em diferentes espaços profissionais
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos

 

Novo livro da Cátedra Unesco sobre Profissionalização Docente apresenta técnica para entender ações em diferentes espaços profissionais

 

Lançamento de livro. Entrevista de explicitação. Pierre Vermersch. Fundação Carlos Chagas. Cátedra UNESCO sobre Profissionalização Docente. Université de Tours. A imagem tem fundo branco, com letras em vermelho e cinza e com uma aquarela cinza que remete à desanuviar.

|15/06/22

Inédita no Brasil, obra reúne aspectos teóricos, práticos e de pesquisa sobre a importância de expressar experiências em palavras

A Fundação Carlos Chagas, em parceria com a Université de Tours, lança o livro Entrevista de explicitação, de autoria do psicólogo e psicoterapeuta francês Pierre Vermersch. A publicação marca a primeira vez que a obra de Vermersch é traduzida no Brasil e apresenta uma técnica que permite produzir informações e reflexões sobre procedimentos adotados por estudantes e profissionais na realização de suas atividades, tornando-os protagonistas na construção de seus saberes experienciais. 

O livro está organizado em duas partes: a primeira lança as bases da entrevista de explicitação e a segunda detalha a implementação de suas diferentes técnicas. A premissa que baseia toda a obra é a de que o resultado final é insuficiente para compreender as causas de dificuldades, conflitos ou de grandes sucessos nas ações dos indivíduos. É preciso entender os processos que permeiam a execução das atividades de interesse, sejam elas ligadas ao mercado de trabalho ou ao campo educacional — compreensão que pode ser desenvolvida a partir da verbalização da ação, ou seja, da explicitação narrativa de dimensões da ação que nem sempre são conscientes. 

Um dos exemplos de aplicação da técnica em sala de aula é entender como os estudantes realizam os exercícios escolares, o que permite identificar a origem de determinados equívocos e levar ao planejamento de uma ajuda específica no processo de formação. Em uma abordagem mais geral, a entrevista de explicitação possibilita ainda a tomada de consciência sobre diferentes maneiras de se proceder frente a um desafio, o que favorece que essas maneiras sejam partilhadas em prol de benefícios para todos os envolvidos. 

Por recomendação do próprio autor, falecido em 06 de julho de 2020, o lançamento do livro será acompanhado por um curso de formação realizado na Fundação Carlos Chagas no segundo semestre de 2022. Sob coordenação de Hervé Breton (Université de Tours), o curso será dedicado a fortalecer o contato e a experiência com a técnica de entrevista de explicitação entre diferentes grupos: pesquisadores, professores, profissionais de saúde, entre outras áreas. 

A publicação da versão brasileira da obra foi produzida no âmbito da Cátedra Unesco sobre Profissionalização Docente da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A Cátedra, coordenada pela pesquisadora Lúcia Villas Bôas, da Fundação Carlos Chagas, reúne mais de cem pesquisadores de instituições públicas e privadas do Brasil e do exterior e seus projetos buscam analisar o trabalho docente por meio de abordagens multirreferenciadas.

 

Acesse a publicação:


Skip to content