1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Aprender a Aprender: Uma Habilidade mais do que Necessária no Brasil

Aprender a aprender: uma habilidade mais do que necessária no Brasil

Pesquisadora: Claudia Davis

Colaborador/Itália: Cristina Stringher

Financiamento: FCC

Parceiro: Invalsi (Roma, Itália)

Vigência: 2017

Descrição: O conceito de “aprender a aprender” é hoje considerado um objetivo educativo muito importante, sobretudo quando existe a necessidade de enfrentar as constantes exigências da rápida evolução do século 21. No Brasil, no entanto, pode-se dizer que esse conceito é conhecido somente por uma parcela de educadores que ensinam nas universidades, instituições responsáveis pela formação inicial dos professores. Como esperado, os responsáveis pela educação pública nos níveis estadual e municipal não foram expostos ao conceito do que significa “aprender a aprender”, bem como a sua importância e ao seu papel na escolarização formal. Ao mesmo tempo, o Brasil está agora elaborando seu currículo nacional e é provável que aspectos-chave do “aprender a aprender” não sejam adequadamente contemplados durante o processo de implantação. O objetivo do projeto é entender por que isso é assim. Portanto, um estudo exploratório foi realizado junto a duas professoras que ocuparam posições estratégicas seja no Ministério de Educação, seja no estado de São Paulo, participando, notadamente, da elaboração de currículos. Um total de cinco funcionários, trabalhando em posições centrais no sistema de escolas públicas dos dois estados participantes, responderam a entrevistas em profundidade, que seguiram um roteiro semiestruturado. Os dados foram analisados através da construção de categorias a priori e a posteriori, com o objetivo de lançar luz sobre o que constitui uma educação boa, substancial e útil e qual é nela o papel do “aprender a aprender”. Embora a equipe que elabora a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) acredite que é central começar a difundir a noção de habilidades e competências, o “aprender a aprender” ainda não figura no discurso oficial, uma vez que acreditam nele se reunir o conjunto de habilidades explicitadas no novo currículo nacional. A inclusão do “aprender a aprender” mostra-se, ainda, bastante polissêmica no cenário brasileiro, o que dificulta uma discussão mais aprofundada de suas vantagens para a educação básica e para a formação docente.

 

FCC
Skip to content