1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Historiografia da Educação: Relações Sociais e Grupos Etários

Historiografia da educação: relações sociais e grupos etários

Coordenação: Moysés Kuhlmann Jr.

Equipe de Pesquisa: Moysés Kuhlmann Jr., Fabiana Silva Fernandes, Paula Leonardi (UERJ), Humberto Pereira da Cunha (Unisantos), Sandra Regina Pereira Ramos (Unisantos)

Financiamento: FCC (Cooperação), CNPq (Bolsa Produtividade e Auxílio à Pesquisa, Edital Universal), Capes (bolsa doutorado)

Parceiro: Unisantos

Vigência: 2015-2017 

Descrição: O projeto, desenvolvido em parceria na FCC e na Universidade Católica de Santos (Unisantos), teve como objetivos: identificar, sistematizar e analisar fontes para o estudo da história da educação e da infância; contribuir para a historiografia educacional, com o aprofundamento das reflexões sobre teoria e metodologia, que considerem as relações sociais como fundamentais no processo histórico; investigar e analisar o processo de difusão do parque infantil, especialmente ao interior do estado de São Paulo; desenvolver ações de orientação, da organização de encontros e da realização de intercâmbios, nacionais e internacionais. Para tanto, deu-se continuidade aos estudos que consideram a educação como constitutiva dos processos históricos, no interior da sociedade. Nesse sentido, os estudos ampliam o olhar para além do que se intitulou “educentrismo”, que circunscreve os problemas ao interior do sistema escolar, o que pode desconsiderar as diferenças entre as redes e unidades escolares, bem como outras instituições e instâncias educacionais. Realizaram-se pesquisas sobre a infância, a educação infantil, o parque infantil, e outros temas e níveis educacionais. Considerou-se a questão dos grupos etários como um aspecto significativo a explorar, ao identificar que as relações entre história da infância e história da educação ainda são tênues. Adotaram-se três eixos para a realização das análises: educação, política e formações sociais; processos administrativos e formativos; e propostas e práticas pedagógicas. No âmbito da Unisantos, destaca-se a implantação do Grupo de Pesquisa Educação História e Sociedade e a orientação de pesquisas sobre temas relacionados à história da educação. O projeto estimulou a produção coletiva de pesquisas, ao congregar o Grupo de Pesquisa no desenvolvimento de subprojetos. No que se refere à FCC, a instituição abriga em seu portal a página “História da Educação e da Infância”, com fontes digitalizadas, que foi acrescida de ampla documentação, apoiado por fomento do edital universal do CNPq. Na FCC, ainda, produziram-se estudos sobre os fundamentos do projeto e sobre boletim destinado aos parques infantis paulistanos, publicado entre 1947 e 1957.

FCC
Skip to content