1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Processo de Avaliação do Programa Nacional Profissional em Ensino de Física (PROFIS/MNPEF)

Processo de Avaliação do Programa Nacional Profissional em Ensino de Física (PROFIS/MNPEF)

Coordenação: Adriana Bauer (DPE/FCC)

Equipe:
DPE/FCC: Glaucia Novaes
Outras instituições: Adriano Borgatto (UFSC), Lúcia Helena Sasseron Roberto (USP) e Mauricio Pietrocola (USP)

Financiamento: Sociedade Brasileira de Física

Vigência: 2022-2023

Descrição: Esta pesquisa avaliativa tem como objeto o Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF), iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF), cujo propósito é fornecer formação profissional, em nível de pós-graduação, a professores da Educação Básica que atuam na disciplina de Física, a partir de parceria com instituições de Ensino Superior (IES) de diversas regiões do país. Seu propósito é avaliar o impacto da contribuição do MNPEF na formação e atuação dos professores de Física que dele participam e na aprendizagem de estudantes da Educação Básica, considerando seu desempenho em prova específica deste componente curricular, além de analisar as características que o programa assume nos diversos polos em que já foi implementado. São objetivos específicos da pesquisa:

  1. a) Compreender o escopo e abrangência do Mestrado, a partir da organização das informações e dados já existentes;
  2. b) Caracterizar o funcionamento dos polos e a pluralidade dos contextos em que está presente, a partir de análise documental e coleta de dados junto aos coordenadores de Polo;
  3. c) Propor um modelo de avaliação multidimensional, bem como instrumentos e indicadores para essa avaliação;
  4. d) Compartilhar e validar, junto à comunidade acadêmica, a metodologia aplicada e os resultados obtidos.

O desenho de pesquisa contempla a análise documental do programa (regimento, grade curricular, ementa das disciplinas, publicações oficiais, dissertações e produtos educacionais produzidos pelos professores que dele participam etc.), a revisão bibliográfica de literatura concernente, a coleta de dados junto a coordenadores e docentes  do Mestrado, em seus 57 polos e a egressos (discentes) que dele participaram, análise estatística descritiva e inferencial, dos resultado obtidos a partir das amostras.

Skip to content