1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Programa de Dotações para Formação Pré-Acadêmica para Seleção na Pós-Graduação (Projeto Equidade)

Programa de dotações para formação pré-acadêmica para seleção na pós-graduação (Projeto Equidade): 2010 – 2018

Coordenação: Sandra Unbehaum, Amélia Artes

Equipe 2014-2018: Danielle Regina Oliveira, Tania Portela, Valter Silvério (UFSCar), André Lázaro (Flacso Brasil), Jesus Mena Chalco (UFABC)

Financiamento: Fundação Ford

Parceiros: Flacso-Brasil, UFABC

Descrição: O Projeto Equidade (assim denominado o Programa de Dotações para Formação Pré-Acadêmica para seleção na pós-graduação), iniciado em 2010, foi coordenado até 2014 por Fúlvia Rosemberg. No período de 2015 a 2017, uma série de atividades foi realizada, sob a coordenação de Amélia Artes e Sandra Unbehaum, visando a concluir uma profícua parceria entre a FCC e a Fundação Ford no enfrentamento às desigualdades étnico-raciais no acesso ao ensino superior, iniciada em 2001 com o Programa Internacional de Bolsas de Pós-graduação da Fundação Ford (IFP) (2001-2012). No período de 2014-2018 três frentes se destacam: 1) avaliar o impacto do Programa IFP (International Fellowships Program, conhecido no Brasil como Programa Bolsa) e do Projeto Equidade na agenda das relações raciais, na mobilidade social das/os beneficiárias/os e no comprometimento político e social com a temática; 2) mapear as novas formas atuantes de associativismo negro nas questões étnico-raciais: sua caracterização, os obstáculos e os novos desafios que se apresentam para essa agenda; e 3) propor e desenvolver um edital de pesquisa – Negras e Negras nas Ciências –, com vistas a estimular a realização de diagnósticos sobre a inserção dessa população no campo das ciências exatas e naturais. O Projeto Equidade se encerrou tendo como resultados publicações de coletâneas e artigos, apoio a cinco estudos selecionados pelo Edital Negras e Negros nas Ciências e a organização, em parceria com o Núcleo Estudos Afro-brasileiros da Universidade Federal de São Paulo (Neab/Unifesp) e com a Associação Brasileira de Pesquisadoras(es) Negras(os) (ABPN), do seminário Raça Negra e Educação 30 anos depois: e agora, do que mais precisamos falar?, ocorrido, em São Paulo, nos dias 22, 23 e 24 de agosto de 2017.

FCC
Skip to content