1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Transformações e resistências na América Latina

Transformações e resistências na América Latina

Pesquisadores DPE/FCC: Adelina Novaes (coord.) Lúcia Villas Bôas

Coordenação: Mireya Lozada (UCV)

Pesquisadores Colaboradores: Clarilza Prado de Sousa (PUC-SP), Angela Maria Silva Arruda (UFRJ), Alfredo Guerrero Tapia (UNAM, México), Susana Seidmann (UB, Argentina), Fátima Flores Palácios (UNAM, México), Juana Juárez Romero (UAM, México), Jorgelina Di Iorio (UBA), Silvia Gutierrez Vidrio (UAM, México), Paulo Afranio Sant’Anna (UFVJM), Francisco Portugal (UFRJ), Serena Eréndira Serrano Oswald (UAM, México).

Financiamento: Agências de fomento nacionais e internacionais

Parceiros: PUC-SP, UFRJ, UNAM (México), UB (Argentina), UAM (México), UBA (Argentina), UFVJM, UCV (Venezuela), Unicid

Vigência: 2017-2018

Descrição:  A Rede de Pesquisa Transformações e Resistências na América Latina se configurou a partir da confluência de estudos psicossociais realizados na Argentina, no Brasil, na Venezuela e no México em torno da temática abraçada por seu título. A preocupação com o compromisso social da psicologia foi norteadora das investigações que, amparadas pela Teoria das Representações Sociais, por meio de empreitadas transdisciplinares, buscaram articular a referida teoria a outros âmbitos do saber, com vistas a estimular o debate em torno de questões atuais, referentes a distintos contextos latino-americanos, e contribuir para o constante desenvolvimento de uma psicologia tributária do devir social. Em 2018 foi realizado no auditório do DPE o III Encontro da Rede Internacional de Estudos Transformações e resistências na América Latina.

FCC
Skip to content