1. Início
  2. |
  3. Educação e Pesquisa | Pesquisas
  4. |
  5. Volume de trabalho dos professores dos anos finais do ensino fundamental: uma análise comparativa entre Brasil, Estados Unidos, França e Japão

Volume de trabalho dos professores dos anos finais do ensino fundamental: uma análise comparativa entre Brasil, Estados Unidos, França e Japão

Pesquisadores DPE/FCC: Gabriela Moriconi e Nelson Gimenes

Equipe de Pesquisa: Luciana Leme (bolsista D3E)

Financiamento: D3E (Dados para um Debate Democrático da Educação)

Vigência: 2020-2021

Descrição: Este estudo tem como objetivo analisar, de modo comparado, o volume da carga de trabalho de docentes dos anos finais do ensino fundamental do Brasil, Estados Unidos, França e Japão. Dentro do amplo conjunto de condições de trabalho docentes, o estudo se concentra em algumas que estão intimamente relacionadas ao que ocorre em sala de aula e que influenciam o volume de trabalho dos professores: número de escolas, redes, etapas e disciplinas lecionadas; tamanho e número de turmas e número total de alunos por professor; bem como o tempo gasto e sua distribuição de acordo com as atividades realizadas. A principal fonte de dados deste relatório é a pesquisa Teaching and Learning International Survey (Talis) de 2018, coordenada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Também foi utilizada como recurso metodológico a consulta a um conjunto de profissionais dos quatro sistemas educacionais investigados. Para o detalhamento das análises referentes ao Brasil, são analisados, adicionalmente, os dados do Censo da Educação Básica de 2019. Seu intuito é oferecer informações que contribuam para o reconhecimento das condições de trabalho docente como uma questão crítica, que passe a fazer parte da agenda de políticas educacionais dos gestores das redes de ensino brasileiras.

 

Skip to content