1. Home
  2. |
  3. Fcc Notícias
  4. |
  5. Futuros educacionais pós-pandemia são tema de evento internacional com participação da Fundação Carlos Chagas
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos
Avaliação | Processos Seletivos  
Pesquisa e Educação
Concursos

 

Futuros educacionais pós-pandemia são tema de evento internacional com participação da Fundação Carlos Chagas

 

Cartaz com os dizeres: Diálogos Sul-Sul, com participação de Amélia Artes. Desigualdades escolares no contexto da pandemia: diagnóstico e proposições para as políticas públicas. 17 de novembro. 18 horas e 30 minutos. Fundação Carlos Chagas. A imagem tem fundo branco, com quadrados em laranja e azul nas laterais.

|09/11/22

Série de palestras acontece ao longo de três semanas e traz diferentes perspectivas sobre infância, juventude, desigualdades e educação

Por Luanne Caires

A série de seminários Diálogos Sul-Sul, organizada pela Western Sydney University (Austrália), em parceria com o programa de Mestrado em Antropologia Sociocultural e a Faculdade de Ciências Sociais, ambos da Universidade do Chile, tem início nesta quinta-feira (10) com a proposta de discutir futuros educacionais pós-pandemia. Dividido em três dias de conferências on-line, o evento abre seu primeiro dia com o tema Infâncias e juventudes em contextos de complexidade: de estratégias familiares a compromissos comunitários

No segundo dia da série (17/11), às 18h30, Amélia Artes, integrante do grupo de pesquisa Gênero, Raça/Etnia: Educação, Trabalho e Direitos Humanos, no Departamento de Pesquisas Educacionais da Fundação Carlos Chagas (FCC), apresentará a palestra Desigualdades escolares no contexto da pandemia: diagnóstico e proposições para as políticas públicas. A apresentação será feita em parceria com Cinthia Toledo, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). 

As análises fazem parte de um projeto financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e realizado na FCC, na Unicamp e na Universidade de São Paulo (USP), com coordenação do professor Mauricio Ernica (Unicamp).

As pesquisadoras trarão um panorama das desigualdades escolares no Brasil e das mudanças que a pandemia acarretou para a rotina nas escolas, com base em três aspectos: as experiências de estudantes e professores nesse contexto; os efeitos da suspensão das aulas presenciais sobre a permanência e o desempenho escolar, e as respostas de governos, escolas e professores à nova situação. 

No dia 17 de novembro, o evento contará ainda com as participações de Verónica López (Pontifícia Universidade Católica de Valparaíso) e Lorena Villagrán (Universidade do Chile),   que também farão apresentações, respectivamente, sobre o impacto da pandemia de covid-19 nas escolas e as experiências de crianças migrantes.

O terceiro e último dia será dedicado a temas como Vozes jovens: Austrália pós-covid and Uma escola sobrecarregada: afetividade, gênero e sexualidades na era pós-confinamento

Todas as apresentações terão tradução simultânea em português, espanhol e inglês e as inscrições podem ser feitas na página do evento disponível na plataforma Zoom.

Saiba mais:
Diálogos Sul-Sul (Austrália, Chile e Brasil)
Quando: dias 10, 17 e 24 de novembro de 2022, às 18 horas (horário de Brasília)
Onde: plataforma de videoconferência Zoom
Inscrição: registro gratuito no link do evento

Skip to content